Cliente aceita desculpas de loja virtual depois de ofensa pelo Facebook.

No Comments

Após reclamar pelo Facebook da demora na entrega de um anel comprado em julho na loja virtual Visou (site da empresa está fora do ar), a jornalista Nina Grazire foi surpreendida com o atendimento durante a troca de mensagens. No diálogo, um dos responsáveis pelo site respondeu a consumidora com diversos xingamentos e palavrões. Um deles mencionava que a consumidora “procurasse um macho”. A jornalista tirou um print da tela da conversa, que já circula em diversas redes sociais, e garantiu que procuraria uma retratação. Ela veio, mas depois de muita repercussão negativa para a marca.

Indignados com o caso, diversos internautas protestaram na página do Facebook da loja Visou. Inclusive, os telefones, endereços e até dados de parentescos dos donos do site já foram descobertos pelos consumidores. Por volta de 13h30 desta terça-feira (11), um funcionário chamado Guilherme Souza Castro, publicou na página da empresa um pedido de desculpas “pela atitude de causar desconfortos verbais e informação inverídica ocorrida no dia 9 do mês de setembro de 2012″. Ele ainda diz que agiu fora de sua razão e que o reembolso da cliente foi feito no último dia 09/09, data em que a jornalista efetuou a reclamação.

Além disso, uma das proprietárias da loja, Natasha, enviou diretamente para a consumidora uma mensagem em que dizia que ela estava chateada e constrangida pelo caso. No texto, ela afirma que o ex-social media foi demitido e que contratou o jovem que deu as respostas grosseiras porque estava precisando urgentemente de alguém para cuidar da fan page.

“…eu (Natasha) e Richard estivemos um pouco distantes da loja por conta de mudanças estruturais em nosso estoque e instruímos um funcionário nosso a resposnder a Fanpage. Infelizmente, não contávamos com o despreparo, se assim podemos chamar, do rapaz.”, relata a proprietária na mensagem que conclui pedindo a cliente que reconsidere a situação e que estaria oferecendo um gift card para que a jornalista volte a comprar no site.

Jornalista aceita retratação

Até o momento, mais de 550 pessoas já compartilharam os pedidos de desculpas da loja, incluindo a própria vítima dos xingamentos. Nina publicou um texto em seu perfil no Facebook dizendo que aceita a retratação da Visou e se diz feliz pela repercussão do caso. Ela pede ainda que mais pessoas tomem atitudes semelhantes à dela para evitar que os consumidores acabem sendo lesados por atendentes mal educados.

“Acho que processar e levar ao Procon são medidas cabíveis sim, mas o mais importante aqui é que nessa sopa que são as mídias digitais e as redes sociais, que mistura esfera pública e privada, o importante é lembrar que hoje, é possível (mas nem sempre certo e garantido) que qualquer um possa ter voz, independente do mestrado pedante ou não, de ser jornalista ou não. E que basta lembrar que a cidadania, aquela lá da Ágora grega, onde todos tinham essa “voz”, pode ser gritada e propagada a maneira 2.0. No mais aceito o pedido de desculpas, embora ache que não foi suficiente já que várias outros clientes-cidadãos passaram pelo que passei”, escreveu.

 Loja Visou vira meme no Facebook

Com a repercussão do caso, uma página nomeada Visou Indelicada foi feita para que internautas compartilhem suas opiniões.

Fonte: TechTudo

Diretor e Co- Fundador da Mó Digital. Especialista em Marketing de Busca e E-commerce

 

Quem Somos

A Mó Digital é uma agência de Marketing Digital Full Service. Nossa proposta é ser a solução ponta a ponta para empresas que precisam estabelecer ou reforçar sua presença on-line. Por isso, nosso portfólio de serviços se estende desde o entendimento da estratégia de negócio do cliente até o planejamento e execução de ações de Marketing Online e a criação de aplicações para a web, criando aos seus clientes a percepção de retorno sobre o investimento.

More from our blog

See all posts
No Comments

Fale Conosco

21 3005-6604
11 2626-7093
61 2626-1240

comercial@35.199.90.196

 

Leave a Comment